quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Vença seus obstáculos

Fonte: Paulo César Felizardo
Certa lenda conta que estavam duas crianças patinando em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação.

De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água. A outra criança vendo que seu amiguinho se afogava debaixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar seu amigo.

Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:

- Como você fez isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo com essa pedra e suas mãos tão pequenas!

Nesse instante apareceu um ancião e disse:
- Eu sei como ele conseguiu.

Todos perguntaram:
- Como?

O ancião respondeu:
- Não havia ninguém ao seu redor para lhe dizer que não poderia fazer!
(autor desconhecido)

Reflexão

“Muitas vezes não conseguimos realizar os nossos objetivos e metas, ou até mesmo as nossas vontades próprias, porque nos deixamos levar por opiniões, ou popularmente falando, por palpites errados. Por isso, é fundamental mantermos sempre a nossa a verdadeira opinião, ou seja, aquela que a nossa consciência nos diz”.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

O presente de Natal

Fonte: Paulo César Felizardo


Acordei nesse dia de Dezembro com vontade de comprar um presente para Jesus, afinal, não existe maior amigo que o Mestre dos Mestres, e no dia 25 o aniversário é Dele.


Sai cedo de casa e fui ao maior shopping-center da cidade, pensei primeiramente numa camisa branca, mas quando vi que o branco mais branco da Terra ainda era cinza perto da sua pureza, fiquei com vergonha e desisti.


Em outra vitrine vi um sapato de couro, lindo e caríssimo, mas quando lembrei dos seus pés calçados pelas sandálias da missão cumprida, achei que não existiria na Terra algo tão confortável que merecesse seus pés.


Uma caneta, foi isso que a próxima vitrine me apresentou, uma linda caneta de marca famosa, seria um lindo presente, mas lembrei-me que Ele nunca escreveu nada, tudo que Ele falou, mostrou na prática, servindo e amando sempre.


Lembrei-me, que um dia Ele falou que não tinha sequer um travesseiro para recostar sua cabeça, e pensei no melhor travesseiro de plumas de uma loja especializada em sono, era importado e muito confortável, mas lembrei-me que os justos dormiam tranqüilos e que Ele jamais usaria o travesseiro.


E, assim fui olhando as vitrines, abotoaduras de ouro, malas de viagem, bebidas finas, comidas importadas, tudo supérfluo, tudo matéria que o tempo iria corroer. Confesso que sai um pouco chateado do Shopping, afinal eu saíra para comprar um presente para Você Jesus, e não havia achado nada.


Na porta do Shopping um menino muito miudinho sorriu para mim, perguntou meu nome e eu o dele, ele riu e me estendeu a mão, tinha o rosto muito sujo, as mãos encardidas, perguntei pela sua mãe, ele deu de ombros, sobre o pai, nem sabia onde estava...perguntei se ele queria tomar um lanche, ele sorriu um sim, pegou na minha mão.


Na porta do Shopping olhou para suas roupas e olhou para mim, sabia que não estava corretamente vestido, peguei-o no meu colo, era a senha para ser feliz, seus olhinhos miúdos percorriam aquelas luzes, enfeites e pessoas bonitas como se fosse um filme


Na lanchonete sentou na cadeirinha giratória e sorriu como "reizinho", e entre uma montanha de batatas fritas, ríamos felizes como dois velhos amigos.

Falamos sobre bolinha de gude, pipas e bola de futebol, coisas importantes para o ser humano, principalmente quando somos crianças. Devoramos dois lanches, e quando perguntei se ele queria um sorvete gigante como sobremesa, seus olhos brilharam feito o sol, pedi um instante, fui até o caixa, quando voltei com os sorvetes na mão ele já não estava ali... Por instantes pensei que ele tinha ido ao banheiro, ou estaria olhando a lanchonete, mas não estava ali mesmo.


Foi quando sobre a caixa de batatas vazias vi um papelzinho, um bilhetinho escrito com letra miúda que dizia assim: "Obrigado pelo melhor presente de aniversário que poderia me dar: Fizeste feliz um dos pequeninos do mundo!" assinado, Jesus.
(Autor desconhecido)

Reflexão

..... Então o Senhor dirá aos que estiverem à sua direita: “Vinde benditos de meu Pai, recebei por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo, porque tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber, fui peregrino e me acolhestes, estava nú e me vestistes,, doente e me visitastes”. Então os justos responderão: Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, preso, doente, peregrino e não te alimentamos, não te visitamos e não te acolhemos? E Ele nos responderá: “Todas as vezes que fizestes isto aos pobres e pequeninos, a mim o fizestes”.

Um Feliz e Santo Natal a todos, são os votos da Conferência Vicentina Nossa Senhora das Graças!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Abra a Porta

Fonte: Confrade P. Cesár Felizardo

Numa terra em guerra, havia um rei que causava espanto. Cada vez que fazia prisioneiros, não os matava, levava-os a uma sala, que tinha um grupo de arqueiros em um canto e uma imensa porta de ferro do outro, a qual haviam gravadas figuras de caveiras cobertas por sangue.

Nesta sala ele os fazia ficar em círculo, e então dizia: “Vocês podem escolher morrer flechados por meus arqueiros, ou passarem por aquela porta e por mim lá serem trancados”.

Todos os que por ali passaram, escolhiam serem mortos pelos arqueiros.

Ao término da guerra, um soldado que por muito tempo servira o rei, disse-lhe:

- Senhor, posso lhe fazer uma pergunta?
- Diga, soldado.
- O que havia por de trás da assustadora porta?
- Vá e veja.

O soldado então a abre vagarosamente, e percebe que a medida que o faz, raios de sol vão adentrando e clareando o ambiente, até que totalmente aberta, nota que a porta levava a um caminho que sairia rumo a liberdade.

O soldado admirado, apenas olha o seu rei que diz:

- Eu dava a eles a escolha, mas preferiram morrer a arriscar abrir esta porta.
(Autor desconhecido)

Reflexão

  • Quantas portas deixamos de abrir pelo medo de arriscar?
  • Quantas vezes perdemos a liberdade e morremos por dentro, apenas por sentirmos medo de abrir a porta de nossos sonhos?

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Frase da Semana

"A caridade não pode permanecer ociosa: Ela nos move à salvação e à consolação dos outros."
(São Vicente de Paulo)

O Livro da Vida

Fonte: Confrade P. César Felizardo


Autor: Desconhecido


Entre a consciência e o sonho, me deparei com uma grande sala. Ao me aproximar, percebi um guardião na porta que me disse:

- Ninguém pode entrar aqui. Aqui estão guardados os "Livros da Vida". Aquele que conseguir passar por esta porta poderá ter acesso ao seu livro e modificá-lo ao seu gosto.

Minha curiosidade era grande! Afinal, poderia escolher o meu destino.

Com minha insistência o guardião resolveu ceder um pouco e me disse:

- Está bem. Dou-te cinco minutos, e nem mais um segundo.

Eu nem acreditava ! Cinco minutos era mais que suficiente para que eu pudesse decidir o resto da minha vida, afinal, poderia apagar e acrescentar o que eu quisesse no "Livro da minha vida".

Entrei e a primeira coisa que vi foi o Livro da vida do meu pior inimigo. Não agüentei de curiosidade. O que será que estava escrito no livro da vida dele? O que será que o destino reservava para aquela pessoa que eu não suportava?

Abri o livro e comecei a ler. Não me conformei: Verifiquei que sua vida lhe reservava muita coisa boa e não tive dúvidas. Apaguei as coisas boas e reescrevi o seu destino com uma porção de coisas ruins. Logo vi outro livro. De outra pessoa que eu não gostava e fiz a mesma coisa...

De repente me deparo com meu próprio livro! Nem acreditei. Este era o momento. iria mudar meu destino... apagar todas as coisas ruins e iria reescrever só coisas boas. Seria a pessoa mais feliz do mundo!

Quando peguei o livro, eis que alguém bate no meu ombro: - Seu tempo acabou! Pode sair. Fiquei atônito! - Mas eu não tive tempo nem de abrir o meu livro?

- Pois é, disse o guardião. Eu te dei cinco minutos preciosos e você poderia ter modificado o seu livro, mas, você só se preocupou com a vida dos outros e não teve tempo de ver a sua.

Abaixei minha cabeça, cobri minha face com as mãos... e saí da sala.


REFLEXÃO


Quantos de nós passa grande parte da vida preocupados em rasurar o livro da vida dos outros? E o livro da nossa vida? Será que haverá tempo hábil para fazermos as correções necessárias no nosso livro? Não podemos perder esta grande oportunidade. Pense nisso....

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Nota de esclarecimento - Campanha falsa em nome da SSVP

O Conselho Nacional do Brasil por meio do Departamento de Comunicação, esclarece que atualmente não está sendo realizada nenhuma campanha para ajuda às famílias vítimas de enchentes e temporais na cidade de Joinville, Santa Catarina. O esclarecimento se faz necessário, pois unidades vicentinas do Brasil receberam um email assinado por Manoel dos Santos solicitando ajuda para esta finalidade e indicando a conta pessoal para depósito de doações.

O Departamento de Comunicação, depois de averiguar a situação, constatou que os vicentinos de Joinville não estão realizando nenhuma campanha e o endereço citado no email é de uma paróquia da cidade que também não tem conhecimento dessa ação e desconhece a pessoa que assina o pedido de ajuda.

O Conselho Nacional do Brasil esclarece ainda que todas as campanhas promovidas são oficializadas por meio de circulares oficiais. Em hipótese alguma é disponibilizada conta pessoal de nenhum vicentino para depósito. Portanto, pedimos que seja desconsiderado o email assinado em nome dos ‘vicentinos da cidade de Joinville’ porque se trata de uma falsa campanha em nome da SSVP. Informamos ainda que nosso Departamento Jurídico já está tomando as devidas providências no caso.

Atenciosamente,


Ricardo FonsecaDiretor Nacional de Comunicação da Sociedade de São Vicente de Paulo

Fonte: www.ssvpbrasil.org.br

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Frase do Dia

"Ficarei na porta do Paraíso até o último dos meus filhos entrar!"
(São Padre Pio)

São Pio de Petrelcina

Fonte: Canção Nova/ Santo do Dia

São padre Pio, Rogai por nós!

Este digníssimo seguidor de S. Francisco de Assis nasceu no dia 25 de Maio de 1887 em Pietrelcina. Ainda criança era muito assíduo com as coisas de Deus, tendo uma inigualável admiração por Nossa Senhora e o seu Filho Jesus, que os via constantemente devido a tanta familiaridade. Ainda pequenino havia se tornado amigo do seu anjo da Guarda a quem recorria muitas vezes para auxiliá-lo no seu trajeto nos caminhos do Evangelho.

Conta a história que ele recomendava muitas vezes as pessoas a recorrerem ao seu anjo da guarda estreitando assim a intimidade dos fiéis para com aquele que viria a ser o primeiro sacerdote da história da igreja a receber os estigmas do Cristo do Calvário.

Com quinze anos de idade entrou no noviciado em Morcone adotando o nome de "frei Pio" e foi ordenado padre em 10 de agosto de 1910 .
Recebeu os estigmas, sinais da Paixão em seu próprio corpo. Entregando-se inteiramente ao Ministério da Confissão, buscava por este sacramento aliviar os sofrimentos atrozes do coração de seus fiéis e libertá-los das garras do Demônio que era conhecido por ele como "barba azul".

Torturado, tentado e testado muitas vezes por este, sabia muito da sua astúcia no seu afã em desviar os filhos de Deus do caminho da fé.
Percebendo que não somente deveria aliviar o sofrimento espiritual, recebeu de Deus a inspiração de Construir um grande hospital, o tão conhecido "Casa Alívio do Sofrimento", que viria a ser o referência em toda a Europa.

A pedido do Santo Padre, devido aos horrores provocados pela Segunda Guerra Mundial, cria os grupos de Oração, verdadeiras células catalisadores do amor e da paz de Deus para serem despenseiros de tais virtudes no mundo que sofria e angustiava-se no vale tenebroso de lágrimas e sofrimentos.

Na ocasião do aniversário de 50 anos dos grupos de oração celebra-se uma Missa nesta intenção. Seria esta Missa o caminho do seu Calvário definitivo, onde entregaria a alma e o corpo ao seu grande apaixonado; a última vez que os seus filhos espirituais veriam o padre a quem tanto amavam. Era madrugada do dia 23 de setembro de 1968, no seu quarto conventual com o terço entre os dedos repetindo o nome de Jesus e Maria, descansa em paz aquele que tinha abraçado a cruz do Cristo, fazendo desta a ponte de ligação entre a terra e o céu.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Exaltação a Santa Cruz

Fonte: São Pio de Pietrelcina


A festa de hoje parece contraditória. Como podemos “exaltar” o instrumento da morte de um inocente? Paulo, no início da era cristã já dizia que a cruz é uma loucura para os pagãos, mas para nós é o sinal da vitória. Jesus venceu a cruz. Por isso ela se tornou bandeira de salvação. Agora é ponte. Era cruz… agora é luz. No antigo testamento o povo foi infiel e sofreu as conseqüências de sua infidelidade. Eram picados por serpentes e morriam. Moisés pediu uma solução para Deus e Ele ordenou que fosse feita uma serpente de bronze e elevada em uma aste. Quem olhasse para aquele objeto seria curado.

O apóstolo João certamente lembrou deste episódio quando viu Jesus elevado da terra na cruz. Lembrou que o próprio mestre dissera um dia: “quando eu for elevado da terra entendereis que Eu Sou”. Contemplemos hoje com fé a cruz de Cristo. Trazemos em nossa carne as marcas desta paixão. Hoje vamos repensar nossas dores e sofrimentos e sofrer unidos ao Senhor Jesus. Assim nosso sofrimento receberá uma dimensão salvífica. Estamos pregados na cruz que Cristo. Ontem, instrumento horrível de dor; hoje, sinal vivo e eterno de amor!

Temos duas origens para o início das Festas da Santa Cruz. Uma delas é a festa de Exaltação de Santa Cruz, realizada em Roma (dia 14 de setembro) e na Gália (03 de maio – chamada Invenção de Santa Cruz), por ocasião da descoberta da Santa Cruz por Santa Helena (fato este que se deu, segundo a lenda, no dia 03 de setembro do ano de 320), mãe de Constantino.

Outra interpretação seria a recuperação e reconstituição da Santa Cruz por Heráclito, que conduziu o Santo Lenho pelo Calvário, após tê-lo reconquistado das mãos dos persas, fato esse que se deu no dia 03 de maio.

Oração

Salva, Senhor, teu povo e abençoa a tua herança;
concede à Tua Igreja vitória sobre os inimigos
e protege, pela tua Cruz, este povo que é teu.

Cristo Deus, que voluntariamente foste levantado na Cruz,
tem compaixão do teu povo que traz o teu nome.
Alegra, pelo teu poder, os nossos fiéis governantes,
dando-lhes a vitória sobre os inimigos:
encontrem na tua aliança
uma arma de paz, um troféu invencível."

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Natividade de Nossa Senhora

Fonte: Canção Nova

Hoje é comemorado o dia em que Deus começa a pôr em prática o Seu plano eterno, pois era necessário que se construísse a casa, antes que o Rei descesse para habitá-la. Esta "casa", que é Maria, foi construída com sete colunas, que são os dons do Espírito Santo.
Deus dá um passo à frente na atuação do Seu eterno desígnio de amor, por isso, a festa de hoje, foi celebrada com louvores magníficos por muitos Santos Padres. Segundo uma antiga tradição os pais de Maria, Joaquim e Ana, não podiam ter filhos, até que em meio às lágrimas, penitências e orações, alcançaram esta graça de Deus.
De fato, Maria nasce, é amamentada e cresce para ser a Mãe do Rei dos séculos, para ser a Mãe de Deus. E por isso comemoramos o dia de sua vinda para este mundo, e não somente o nascimento para o Céu, como é feito com os outros santos.
Sem dúvida, para nós como para todos os patriarcas do Antigo Testamento, o nascimento da Mãe, é razão de júbilo, pois Ela apareceu no mundo: a Aurora que precedeu o Sol da Justiça e
Redentor da Humanidade.


Nossa Senhora, rogai por nós!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Setembro mês da Bíblia

"A alegria de servir no amor e na gratuidade"
"Tende em vós os mesmos sentimento de Jesus Cristo"

Setembro é o mês da Bíblia. Este mês foi escolhido pela Igreja porque no dia 30 de setembro é dia de São Jerônimo (ele nasceu no ano de 340 e faleceu em 420 dC). São Jerônimo foi um grande biblista e foi ele quem traduziu a Bíblia dos originais (hebraico e grego) para o latim que, naquela época, era a língua falada no mundo e usada na liturgia da Igreja.
A Bíblia é hoje o único livro que está traduzido em praticamente todas as línguas do mundo e que está em quase todas as casas.
“Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça ” (2Tm 3,16).
A Bíblia foi escrita por pessoas chamadas e escolhidas por Deus e que foram inspiradas através do Espírito Santo. Ela revela o projeto de Deus para o mundo; serve para que todos possamos crescer na fé e levar uma vida de acordo com o projeto de Deus. Por isso, ela é a grande “Carta de Amor” de Deus à Humanidade. A Palavra de Deus nos revela o rosto de Deus e seu mistério. Ela é a história do Deus que caminhou com seu povo e do povo que caminhou com seu Deus. A Bíblia tem uma longa história, desde nossos pais e mães da fé (Abraão e Sara, Isaac e Rebeca, Jacó Lia e Raquel) passando
por Moisés, pelos Profetas, até a vinda do Messias, e por fim a morte do último dos Doze Apóstolos quando foi escrito o último livro da Bíblia (o Apocalipse, escrito no final do I século). A Palavra de Deus demorou em torno de dois mil anos para ser escrita. Muitas pessoas fizeram parte desta história: homens, mulheres, crianças, jovens, anciãos... Por isso, podemos dizer que a Bíblia é um livro feito em mutirão. Passaram-se os tempos, os anos, mudaram muitas coisas, impérios cresceram e caíram, tantas idéias foram superadas, mas a Palavra de Deus continua “viva e eficaz” (Hb 4,12), pois “ela permanece para sempre” (1Pd 1,25). Embora o mundo busca outros caminhos, sempre existiram pessoas e comunidades que foram fiéis, que buscaram nas Palavras Sagradas a fonte para sua inspiração, para continuar vivendo e realizando o projeto de Deus.
Mais do que história, a Bíblia é portadora de uma mensagem. Ela é capaz de denunciar e anunciar. Ela denuncia as injustiças, os pecados, as situações desumanas, de pobreza, exploração e exclusão em que vivem tantos irmãos nossos. Foi isso que fizeram os Profetas e também Jesus Cristo em algumas ocasiões, pois toda situação de injustiça e
pecado é contrária ao projeto de Deus. Mas a Bíblia é, sobretudo, um livro de anúncio. Ela proclama a boa notícia vinda de Deus: Ele nos ama e nos quer bem! Ele é o Deus que caminha conosco, que está ao nosso lado e nos dá força e coragem! Foi Deus que enviou ao mundo seu Filho Jesus Cristo. Ele veio nos trazer a Boa Notícia do Reino; veio nos trazer a Salvação, o perdão dos pecados. É através da fé em Jesus Cristo que nos tornamos filhos de Deus. Na Bíblia encontramos textos para as diversas situações da vida. Ela ajuda a fortalecer a nossa fé; é útil na nossa formação, nos momentos de crises e dificuldades, na dor, na doença ou na alegria... Para todas as realidades encontramos textos apropriados. Todos podemos e devemos ler, estudar e conhecer a Palavra de Deus. É certo que na Bíblia encontramos alguns textos difíceis. A Bíblia mesmo diz isso (veja 2Pd 3,16¸ At 8,30-31; Dn 9,2; etc). Certas passagens foram escritas dentro de uma realidade diferente da nossa. Precisam ser interpretadas e atualizadas. Por isso, quando não entendemos um texto, é melhor passar adiante, buscar outra passagem. O Pe. Zezinho nos ensina cantando: “Dai-me a palavra certa, na hora certa, do jeito certo e pra pessoa certa”.

Frase do Dia

“Tua Palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho!”
(Salmo 119,105)

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

""INFORMATIVO""

A TODOS OS MEMBROS DOS RAMOS DA FAMILIA VICENTINA NO BRASIL

NO DIA 27 DE SETEMBRO, ÀS 08:00 HRS. DA MANHÃ, COM TRANSMISSÃO AO VIVO PARA TODO O BRASIL, PELA REDE VIDA DE TELEVISÃO, SANTA MISSA, INAUGURANDO AS COMEMORAÇÕES DOS "350 ANOS DAS MORTES DE SÃO VICENTE DE PAULO E DE IRMÃ LUIZA DE MARILAC", E AINDA O "DIA DE SÃO VICENTE DE PAULO" E O "DIA DO VICENTINO". COMEÇE BEM ESTE DIA TÃO ESPECIAL, ASSISTINDO COM A GRANDE FAMÍLIA VICENTINA, A SANTA MISSA.

CELEBRAÇÃO: Pe. EDSON FRIEDRICHSEN - CM (CONGREGAÇÃO DA MISSÃO).

ORGANIZAÇÃO: SSVP - CONSELHO METROPOLITANO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Convite

Convidamos para a missa de ação de graças pelos 12 anos de fundação da Conferência Nossa Senhora das Graças, que acontecerá nesse domingo dia 23 de agosto de 2009, às 19h, na igreja matriz Nossa Senhora das Graças no bairro Pinheirinho. E será transmitida pela Rádio Hulha Negra AM 1450 de Criciúma.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

12 anos de AMOR pela CARIDADE (parte IV)

Na postagem de hoje sobre os 12 anos de fundação da Conferência, não teremos fotos, mas sim o post sobre a criação da Conferência Nossa Senhora das Graças.

Um pouco da nossa linda história

A Conferência Vicentina Nossa Senhora das Graças, foi fundada em 23 de agosto de 1997, atraida pelos principios fundamentais da SSVP, suas normas e diretrizes, seus principios éticos e atuante, em benefício dos assistidos, dos benfeitores e também em nosso benefício.
Aberta às obras da caridade, a conferência Nossa Senhora das Graças iniciou suas atividade juntamente com um grupo de pessoas que já faziam a distribuição de leite uma vez por mês, à 70 famílias carentes.
Estes leites, inicialmente era simplesmente entregues a essas famílias sem o conhecimento prévio de suas necessidades maiores.
Passamos a fazer nossa reuniões todos os sábados a tarde e iniciamos uma escala de visitas a estas famílias. Porém, como é muito grande o número de pessoas e iria demorar muito para conhecer a todos, achamos por bem criar algo que pudessemos reunir a todos e fazer um cadastramento de uma só vez. Foi ai que surgiu a idéia do SOPÃO, no último domingo de cada mês com todas as famílias. Primeiramente com a intenção de distribuir o leite e cadastrar. Após o primeiro sopão percebemos a importância de continuarmos, pois todos puderam se conhecer, fazer amizade, cantar e
rezar juntos.
Conseguimos fazer o cadastramento de todos, fazendo assim um levantamento pessoal de cada família, para podermos ter uma idéia, por onde deveriamos começar a estruturá-los.
A maioria, catadores de papelão, sem batismo e amasiados, vivendo em situação precária, sem saneamento básico, energia elétrica. Como o número de famílias era muito grande resolvemos dividir as famílias, ficando 30 com a Conferência Vicentina Nossa Senhora das Graças, e as demais com o grupo da Silvana que já havia começado os trabalhos com essas famílias.
Iniciamos nossos trabalhos fazendo um censo, no sentido de ver quem realmente precisava de ajuda e concluimos que podiamos descadastrar algumas famílias, pois as mesmas já estavam bem estruturadas.
Confiantes na Providência Divina e nos espelhando no exemplo de São Vicente de Paulo, procuramos ser prudentes e ajudar todos dentro de nossas possibilidades.
Atualmente temos cadastradas 22 famílias.
Continuamos realizando os sopões todo último domingo de cada mês, e no sábado que antecede o sopão, montamos uma equipe que passa a manhã inteira na feira, arrecadando donativos para o preparo da sopa.

O SOPÃO
Nossa intenção com o sopão não é só suprir a fome de alimento, nesse domingo que passamos com eles nós conversamos, falamos sobre Deus e seus ensinamentos e vemos quais as necessidades dos nossos assistidos. O sopão realiza-se todo o último domingo, atrás dos Seminário e Colégio Rogacionista Pio XII, no bairro Pinheirinho, iniciando às 08h como café da manhã para os assistidos, e apartir das 09h começa os curso e palestras para os mesmos, ao 12h é feita a palavra por um dos voluntários da Conferência e em seguida é servido o almoço. Logo após é feita a entrega dos leites e donativos e os assistidos vão para suas casas.

O REUNIÃO
São realizadas todas às quartas-feiras na sala de catequese da igreja matriz Nossa Senhora das Graças, às 19:30h, onde é feito a leitura da ata, e discutidos os assuntos relacionados ao sopão e idéias para estrutura as famílias cadastradas na conferência..

AS VISITAS
São realizadas com a finalidade de conhecer a realidade das famílias.


E nesse próximo final de semana (23/08) estaremos realizando na matriz Nossa Senhora das Graças, no bairro Pinheirinho às 19h, a missa de ação de graças em honra a esse 12 anos de uma linda história de AMOR PELA CARIDADE.

domingo, 9 de agosto de 2009

Semana Nacional da Família...

Este ano de 2009, a Semana Nacional da Família acontece de 9 a 15 de agosto. E é um evento anual da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que faz parte do calendário de, praticamente, todas as paróquias do Brasil.
Teve início em 1992, como resposta à inquietação, ao descontentamento e desejo de se fazer alguma coisa em defesa e promoção da família, cujos valores, hoje, provavelmente mais que em outros tempos, vêm sendo agredidos sistematicamente em nossa sociedade. Escolheu-se, para isso, a semana seguinte ao Dia dos Pais, no mês de agosto, por ser o mês vocacional.

Em homenagem a todas as famílias postamos uma das músicas mais linda sobre a Família:



Oração pela Família

Senhor Jesus Cristo, abençoai nossas famílias, e ficai sempre
conosco nesta hora tão dificil de nossa história! Senhor Jesus
Cristo, ensinai-nos a rezar!
Abri nossos corações ao perdão e à compreessão, afastai de nossos
lares o perigo da separação e do divórcio, e fazei-nos viver na
unidade do amor!
Vossa mãe era "serva do Senhor" e sempre guardava vossa Palavra:
que assim sejam todas as mães cristãs!
Vosso pai era "um homem justo", porque vivia de fé e de esperança:
que assim sejam todos os pais cristãos!
Senhor Jesus Cristo, que todos os habitantes da terra se encontrem
reunidos na vossa Igreja, formando uma só família, no amor do único
Pai.
Assim seja!




sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Feliz Dia dos Pais

Pai de verdade mesmo sabe que ser pai não é simplesmente
recolher o fruto de um momento de prazer, mas sim perceber
o quanto pode ainda estar verde e ajudá-lo a amadurecer.

Pai de verdade mesmo não só ergue o filho do chão quando ele cai,
mas também o faz perceber que a cada queda é possível levantar.

Ele não é simplesmente quem atende a caprichos: ele sabe perceber
quando existe verdadeira necessidade nos pedidos.

Pai de verdade mesmo não é aquele que providencia as melhores
escolas, mas o que ensina o quanto é necessário o conhecimento.

Ele não orienta com base nas próprias experiências, mas demonstra
que em cada experiência existe uma lição a ser aprendida.

Pai de verdade mesmo não coloca modelos de conduta, mas aponta
aqueles cujas condutas não devem ser seguidas.

Ele não sonha com determinada profissão para o filho, mas deseja
grande e verdadeiro sucesso com sua real vocação.

Ele não quer que o filho tenha tudo que ele não teve, mas que tenha
tudo aquilo que merecer e realmente desejar.

Pai de verdade mesmo não está ali só para colocar a mão no bolso
para pagar as despesas: ele coloca a mão na consciência e percebe
até que ponto está alimentando um espírito de dependência.

Ele não é um condutor de destinos, mas sim o farol que aponta para
um caminho de honestidade e de Bem.

Pai de verdade mesmo não diz ” Faça isto ” ou ” faça aquilo ”, mas sim
” tente fazer o melhor de acordo com o que você já sabe ”.

Ele não acusa de erros e nem sempre aplaude os acertos, mas pergunta
se houve percepção dos caminhos que levaram o filho a esses fins.

Pai de verdade mesmo é o Amigo sempre presente,
atento e amoroso - com a alma de joelhos -
pedindo a Deus que o oriente na hora de dar conselhos…


Um Feliz Dia dos Pais é o que deseja a Conferência a todos os Pais
vicentinos, voluntários e assistidos.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Agosto mês Vocacional

Fonte: Portal Católico


“Ardia nosso coração quando ele nos falava pelo caminho...”
(Cf. Lc. 24,32).

O mês de agosto como vocacional foi indicado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – em 1981, na sua 19ª Assembléia Geral. Em 1983, reforçando esta caminhada, foi celebrado em todo o Brasil um Ano Vocacional. O objetivo principal foi o de instituir um tempo, o mês de agosto, voltado prioritariamente para a reflexão e a oração pelas vocações e os ministérios. A Igreja, cumprindo a ordem de Jesus, deve rezar ao Senhor da Messe para que envie operários para a sua messe. A nova evangelização necessita de muitos e qualificados evangelizadores: cristãos e cristãs leigos comprometidos, consagrados e consagradas totalmente doados ao Reino, ministros ordenados que sejam verdadeiros pastores e sinais de comunhão e unidade do povo de Deus.

1ª semana: Vocação para o ministério ordenado: diáconos, padres e Bispos
2ª semana: Vocação para a vida em família (com atenção especial aos pais)
3ª semana: Vocação para a vida consagrada: religiosos(as) e consagrados(as) seculares
4ª semana: Vocação para os ministérios e serviços na comunidade(quando há um quinto domingo Dia dos Catequistas 30/08/2009)


Lembrando que neste mês nossa Conferência comemora 12 anos de fundação e em ação de graças realizará no dia 23/08/2009 uma missa na igreja matriz Nossa Senhora das Graças, no bairro Pinheirinho em Criciúma, ás 19h.

Serapião - Sobre Amizade

Fonte: Boletim Brasileiro
Ano 131 nº4
Julho/Agosto 2009

Por: Confrade Paulo Mauricio Dias
Conferência Sta. Mônica. Londrina- Pr

Serapião era um velho mendingo que perambulava pelas ruas da cidade. Ao seu lado, o fiel escudeiro, um vira-la que atendia pelo nome de malhado. Serapião não pedia dinheiro, aceitava sempre um pão, uma banana, um pedaço de bolo ou um almoço feito com sobras de comida dos mais abastados. Quando suas roupas estavam imprestáveis, logo era socorrido por alguma alma caridosa. Serapião era conhecido como um homem bom, que perdera a razão, a família, os amigos e até a identidade. Não bebia bebida alcoólica, estava sempre tranquilo, mesmo quando não havia recebido nem um pouco de comida. Dizia sempre que Deus lhe daria um pouco na hora certa e, sempre na hora que Deus determinava, alguém lhe estendia uma porção de alimentos. Serapião agradecia com reverência e rogava a Deus pela pessoa que o ajudava. Tudo que ganhava, dava primeiro para o Malhado que, paciete, comia e ficava a esperar por mais um pouco. Não tinha onde dormir, onde anoitecia, lá dormia. Quando chovia, procurava um abrigo embaixo da ponte e, ali o mendigo ficava a meditar, com um olhar perdido no horizonte. Aquela figura me deixava sempre pensativo, pois eu não entendia aquela vida vegetativa, sem progresso, sem esperança e sem futuro promissor. Certo dia, com a desculpa de lhe oferecer umas banans, fui bater um papo com o velho Serapião. Iniciei a conversa falando do Malhado, perguntei pela idade dele, o que Serapião, não sabia. Dizia não ter ideia, pois se encontraram um certo dia quando ambos andavam pelas rua e falou:
- Nossa amizade começou com um pedaço de pão: ele parecia estar faminto e eu lhe ofereci um pouco do meu almoço e ele agradeceu, abanando o rabo. E daí, não me largou mais. Ele me ajuda muito e eu retribuo essa ajuda sempre que posso.
Curioso perguntei:
- Como vocês se ajudam?
- Ele me vigia quando estou domirndo; ninguém pode chegar perto que ele late e ataca. Também quando ele dorme, eu fico vigiando para que outro cachorro não o incomode.
Continuando a conversa, perguntei:
- Serapião, você tem algum desejo na vida?
- Sim -
respondeu ele - tenho vontade de comer um cachorro quente, daqueles que a Zezé vende ali na esquina.
- Só isso? - indaguei.
- É, no momento é só isso que desejo.
- Pois bem, vou satisfazer agora esse grande desejo.
Saí e comprei um cachorro quente para o mendigo. Voltei e lhe entreguei, ele arregalou os olhos, deu um sorriso, agradeceu a dádiva e em seguida tirou a salsicha, deu para o Malhado e comeu o pão com os temperos. Não entendi aquele gesto do mendigo, pois imaginava ser a salsicha o melhor pedaço. Não me contive e perguntei intirgado:
- Por que você deu para o Malhado logo a salsicha?
Ele, com a boca cheia, respondeu:
- Para o melhor amigo, o melhor pedaço!
E continuou comendo, alegre e satisfeito. Despedi-me do Serapião, passei a mão na cabeça do Malhado e sai pensando.
Aprendi como é bom ter amigos. Pessoas em quem possamos confiar. Por outro lado, é bom ser amigo de alguém e ter a satisfação de ser reconhecido como tal. Jamais esquecerei a sabedoria daquele homem solitário.

PARA O MELHOR AMIGO, O MELHOR PEDAÇO!

terça-feira, 28 de julho de 2009

Divina Providência, providenciai...

Mais um final de semana do sopão que concerteza cada membro e voluntário da conferência não esquecerá. No sabádo pela manhã os confrades e consócias foram a feira municipal para a arrecadação de donativos e mesmo com o frio que estava fazendo, conseguiram o necesrio para a realização da sopa, que foi feita no domingo, e mesmo diante de algumas diversidades que apareceram durante o dia não perdemos a fé e conseguimos realizar mais um sopão e atender bem nossos assistidos.

Abaixo dados desse último sopão:

Pessoas Atendidas:
Cadastradas......................................51
(Sendo 18 adultos e 33 crianças)
Não Cadastradas..............................11
(Sendo 6 adultos e 5 crianças)
Total.................................................62

Doações

Leite.................................................204lt
(Doados às famílias ao final do sopão)
Fotos

Todos empenhados na preparação da sopa

Enquanto é preparada a sopa, assistidos e voluntários trocam experiências

Momento da Palavra e Oração, para agradecer o pão de cada dia

Hora do almoço e integração

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Frase do Dia...

“Não há lição mais desleal do que falar bem e viver mal”
(Santo Agostinho)

Construtores da Vida

Fonte: Confrade P.César Felizardo

Autor Desconhecido

Por mais que gostemos da vida no corpo físico, um dia, todos morreremos, isto é fato. Morrem os pobres e morrem também os ricos. Foi assim que um dia aquele homem, que detinha poder e muitas posses, foi habitar o além. Foi recebido pelo benfeitor, encarregado de conduzi-lo à sua nova residência. Caminhavam calmamente por um lugar pitoresco, com ruas calmas, um gramado extenso e grande variedade de árvores e jardins. Ao passarem por uma das casas, o benfeitor mostrou-a ao homem e lhe disse: "Observe! Aquela é a casa de sua cozinheira". "Mas ela ainda não morreu", respondeu o homem. Sem dar nenhuma resposta, andaram por mais algum tempo e o orientador mostrou outra casinha graciosa e disse: "essa é a casa do seu jardineiro". Ambas eram casas muito agradáveis. Simples, mas aconchegantes. Jardins com flores silvestres e pássaros voejando e cantando por entre as borboletas que pousavam de flor em flor. Discretos regatos com águas cantantes e cristalinas cortavam os gramados verdes. O homem estava muito animado, pois se seus empregados teriam moradias tão agradáveis, o que não estaria reservado a ele, um homem rico e poderoso? Caminharam por mais algum tempo, quando o benfeitor parou diante de um barraco, localizado numa área menos clara e quase sem nenhum encanto. Com um gesto gentil indicou ao homem sua nova residência. O homem teve um sobressalto. Indignado perguntou ao orientador: "Como posso eu, um homem rico e possuidor de muitos bens, morar agora nesse barraco caindo aos pedaços? Sem dúvida deve ser uma brincadeira"! "Infelizmente não é, meu filho", falou amavelmente o benfeitor. E acrescentou: "todas as construções são feitas com os materiais que vocês nos enviam diariamente enquanto estão na Terra. São materiais invisíveis aos olhos físicos, mas firmes o bastante para construir um recanto sólido aqui, nesse novo mundo. Cada gesto nobre, cada boa ação, cada trabalho realizado com honestidade e desinteresse, são matérias primas importantes aplicadas nos tesouros verdadeiros deste lado da vida". "Mas como saber disso, se ninguém me avisou enquanto estava na Terra?", objetou o infortunado. "Ora, meu filho, talvez você tenha esquecido, mas há mais de dois milênios se ouve falar de um Homem chamado Jesus, que orientou muito bem sobre essa questão, recomendando que se construíssem tesouros no céu, onde nem a traça come nem os ladrões roubam." Pensativo e sem argumentos, o homem adentrou seu mísero barraco, em busca de um mínimo de conforto para sua alma inquieta.

REFLEXÃO

Nossos maiores tesouros são as virtudes:

- A compaixão, a fraternidade, a solidariedade, a ternura, o afeto, são elementos importantes na construção da beleza e da harmonia.
- A honestidade, a dignidade, a humildade, a indulgência e a justiça, são virtudes essenciais para construções sólidas e indestrutíveis.
- Assim sendo, vale a pena investir nesses tesouros desde hoje, pois a imortalidade não é uma proposta para ser pensada depois da morte, é uma realidade para ser vivida hoje.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Agradecimento...

A Conferência Nossa Senhora das Graças agradece aos mais de mil acesssos ao nosso blog nesses quatro meses.E pedimos a São Vicente e Nossa Senhora que intercedam junto a Deus por cada uma das pessoas que acompanha nosso blog.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Sugestão de Filme

Padre Pio

Título Original: A vida de São Pio de Pietrelcina - Padre Pio
Gênero:Religioso
Duração: 03 horas
Ano de Lançamento: 2006
Roteiristas: Carlo Carlei, Massimo de Rita e Mario Falconi
Direção: Giorgio Capitani
Audio: Italiano
Legenda: Português


Padre Pio é uma emocionante minissérie sobre a vida e a obra do padre Francesco Forgione (1887-1962), canonizado como São Pio de Pietrelcia pelo Papa João Paulo II, em 2002. O filme acompanha todas as etapas da trajetória de fé dessa grande personalidade da Igreja Católica do século XX: suas visões de Jesus Cristo e de Nossa Senhora, os estigmas, sua vida na caridade e de ajuda aos necessitados, seus inúmeros milagres e a fundação da Casa do Alívio do Sofrimento, o maior hospital do Sul da Itália. Filmado nas locações reais em que o Padre Pio viveu, essa superprodução é uma obra edificante que não pode faltar na coleção das famílias cristãs.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

12 anos de AMOR pela CARIDADE (parte III)

Fotos: Arquivo da Conferência Nossa Senhora das Graças

Falta um pouco mais de um mês para a Conferência Nossa Senhora das Graças completar 12 anos de fundação. E continuando a contar um pouco mais da história da Conferência postamos hoje fotos da IV Jornada Vicentina de SC realizada em Criciúma em 04/08/2002 e também nossos retiros.

IV Jornada Vicentina
Todos unidos por um mesmo ideal

Pessoal pronto parar servir os visitante

No caminho dos Assistidos

Recebendo nossos assistidos

Almoço, momento de partilha e troca de experiências

Retiros
Rejovi - Fundação Shalon - Criciúma/SC

Retiro de Carnaval - Braço do Norte/SC

Visita ao Santuário N. Sra do Caravaggio - Nova Veneza/SC